Artigos ver todos

2014-02-15

Sem pressa de ser feliz


A correria do dia - a - dia  nos mantém acelerados, ligados nos mais novos acontecimentos, produzindo, trabalhando , pensando.E hábitos fundamentais para a  sobrevivência e saúde, tornam-se tarefas com datas e horários a serem cumpridos numa agenda apertada e dividida com outras "obrigações".  

Este tem sido o caso das férias e do descanso, do sono, das relações sócio-afetivas, da atividade física, e por incrível que pareça: da alimentação.

Cada vez menos temos tempo para nos alimentar sem pressa e com prazer!! E de uma maneira geral , cada vez menos buscamos tempo para sentir prazer e cada vez mais nos comportamos buscando nos proteger de frustração, dor e decepção. Assim, trabalhamos para pagar as contas , dormimos para estarmos alertas no dia seguinte, nos exercitamos para não engordar ou  sofrer uma parada cardíaca e comemos. porque temos que comer.  

O Slow food por exemplo é um movimento que inclui valorizar a culinária tradicional e preservar sabores ameaçados, despertando e treinando nossos sentidos, ajudando  na redescoberta do prazer de saborear um alimento.O princípio básico do movimento é o direito ao prazer da alimentação. O que parecia óbvio agora precisa de um movimento.  

Não é raro atualmente, comer em frente á tv, ao computador, comer trabalhando, em pé, engolir a comida e cada vez mais instalar maus hábitos que se perpetuam, muitas vezes em função de não perder tempo.  

Ele, o tempo, virou nosso inimigo, parece estar sempre correndo contra, mas depende quase que exclusivamente do nosso ponto de vista e do contexto de onde estamos olhando pra ele.

A vida atual, infelizmente é um contexto que  apenas nos ensina a ser produtivos e  a otimizar o tempo. Assim a cozinha rápida é preferida, e cada vez menos os famliares se  encontram a mesa na hora do cafe da manhã , almoço ou jantar.  

Não temos tempo, tempo pra sorrir, pra brincar, pra se divertir, pra sentir prazer, pra ouvir uma boa música, olhar para uma linda paisagem.  

Neste ritmo dificilmente conseguimos ensinar diferente às  nossas crianças, que já dormem mal, tem agendas lotadas e não sentem o prazer de sentar e comer , porque não tem mais tempo pra nada, nem pra brincar. Assim perpetuamos o mesmo ciclo.

Quem sabe já é tempo de repensar tudo isso!

 




Fonte: Carla Di Pierro CRP 65399 - Psicóloga Esportiva



2013-05-09

Dr João César Castro Soares

Anorexia - A Ditadura da Beleza...
2013-03-06

João César Castro Soares

Dieta dissociada: uma maneira objetiva e...
2013-02-22

Cristina Grandjean

Proteína engorda? Qual a quantidade rec...
2013-02-22

Dr. Wellington Pinheiro

Você sabia que existem alguns alimentos...
2013-02-22

Istael Adolfo

Os benefícios que a pimenta traz. Ela r...


ENQUETE

Você é a favor do projeto de lei que libera a venda e produção no Brasil de remédios para emagrecer, incluindo os inibidores de apetite anfetamínicos anfepramona, femproporex e mazindol, que tinham sido retirados do mercado pela Anvisa em 2011.

Sim

Não

Acho que demorou

Não sei opinar

DIÁRIOS - CONHEÇA HISTÓRIAS DE PESSOAS QUE CONSEGUIRAM O SEU OBJETIVO!!!

Os gêmeos da pesada
Juntos emagreceram mais de 100 quilos
No caminho certo
Emagrecendo com dieta e muito exercício

Copyright 2013 - Portal dos Gordinhos - Todos os direitos reservados


"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meremente informativo.
Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhemento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas