Alimentação ver todos

2013-05-29

De quem é a responsabilidade pela falha na dieta?

Métodos milagrosos nem sempre garantem sucesso na dieta

Sempre quando eu leio sobre um novo alimento que é vendido como a nova maravilha do emagrecimento, começo a pensar em todos os questionamentos que virão das pessoas que estão fazendo de tudo para chegar ao peso que tanto anseiam.

 

 Lembram da ração humana? E da farinha de feijão branco? E do chá verde? Não? Tudo bem, a nova vedete é o óleo de coco. Aí, me pergunto: até quando? Qual será o próximo? E nada da balança descer o ponteiro ou diminuir os dígitos. Talvez só aumentem. No meio de vários questionamentos, pergunto-me de quem é a responsabilidade.

 

Claro que ela é, primeiramente, do profissional de saúde, no caso específico dos nutricionistas que abraçam a causa. Isso é muito sério já que, se a fonte de informação qualificada sou eu e meus "colegas de trabalho", temos que sempre estudar e indicar o que é recomendado pelos órgãos de saúde. Muitas vezes, me acho a nutricionista ortodoxa que sempre diz a não à nova novidade que surge a cada verão. 

 

 Questionando a minha responsabilidade como profissional de saúde, passei também a questionar a responsabilidade de todos. Se você é daquelas pessoas que devora essas novidades, será que não tem a sua fatia de responsabilidade desse bolo delicioso que promete o emagrecimento e só faz engordar?

 

 Quando falo que a receita para emagrecer que é comer mais verduras, frutas, alimentos integrais, peixes e reduzir a quantidade de doces, manteiga, carnes ricas em gorduras, posso ver o tédio na cara das pessoas pensando que isso irá tirar o sabor da vida. E é exatamente isso que faz emagrecer! E não significa tirar sabor nenhum das refeições e muito menos da vida!

 Enquanto os ouvidos estiverem virados contra a informação saudável (ou seria responsável?), dificilmente a responsabilidade será dada a quem ou a que é de direito. Afinal, se você não emagreceu com a ração humana, a culpa é da ração humana. Se você não emagrecer com o óleo de coco, a culpa será dele.

 

E quando você irá se responsabilizar pelo seu sucesso? Para isso é necessário pensar e agir diferente. 

 

 



Fonte: Roberta Stella - Nutricionista



2014-09-10

Obesidade infantil

Fatores que podem contribuir para o aume...
2014-02-14

Eliminar até 10kg em um mês

Conheça a Dieta Dissociada ...
2014-01-14

Bebidas que alimentam

...
2013-10-29

Alimentos X TPM

Existem alimentos que devem ser evitados...
2013-10-02

Saiba mais sobre a Dieta Dissociad

Emagrecer com saúde comendo de tudo ...
2013-08-05

Ver a dieta pelo lado positivo tor

Trocas inteligentes deixam a reeducaçã...
2013-06-18

Identifique os estímulos que te f

Diferenciar a fome e a vontade de comer ...
2013-05-09

Você sabe comer bem mesmo com pre

Rotina agitada pode atrapalhar quem busc...
2013-03-27

Mitos e verdades do chocolate

Com a Páscoa chegando, fique atento a e...
2013-02-22

Dieta Dissociada

A fórmula, que separa carboidratos de p...


ENQUETE

Você é a favor do projeto de lei que libera a venda e produção no Brasil de remédios para emagrecer, incluindo os inibidores de apetite anfetamínicos anfepramona, femproporex e mazindol, que tinham sido retirados do mercado pela Anvisa em 2011.

Sim

Não

Acho que demorou

Não sei opinar

DIÁRIOS - CONHEÇA HISTÓRIAS DE PESSOAS QUE CONSEGUIRAM O SEU OBJETIVO!!!

Os gêmeos da pesada
Juntos emagreceram mais de 100 quilos
No caminho certo
Emagrecendo com dieta e muito exercício

Copyright 2013 - Portal dos Gordinhos - Todos os direitos reservados


"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meremente informativo.
Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhemento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas