Saúde ver todos

2013-06-18

Fonoaudiólogo ajuda na adaptação pós-cirurgia bariátrica

Especialista ajuda a melhorar mastigação do paciente, evitando refluxo e vômitos

Pessoas com sobrepeso ou obesidade com frequência possuem problemas na mastigação. A diminuição do tempo mastigatório e falta de força necessária para uma adequada trituração dos alimentos - devido a alterações na musculatura oral -, são achados constantes nesse grupo de pacientes. Em ambos os casos, o paciente mastiga, porém não realiza uma trituração adequada do alimento, fator que pode dificultar sua digestão. 

 

Quando um paciente obeso mórbido opta em realizar a cirurgia bariátrica, esses aspectos devem ser levados em consideração nas avaliações pré-operatórias realizadas pelo cirurgião responsável, já que o fato de não mastigar bem pode significar mais dificuldade de adaptação à cirurgia. Isso porque pacientes que não conseguem realizar uma mastigação eficiente e são submetidos à cirurgia podem ter episódios de "engasgos", justamente pela trituração reduzida dos alimentos, fazendo com que o bolo alimentar chegue ao estômago quase que da mesma forma que estava na cavidade oral. 

 

A atuação do fonoaudiólogo como um dos componentes da equipe multidisciplinar pré-operatória vem sendo paulatinamente incorporada, justamente porque as avaliações e orientações desse profissional ajudam a evitar episódios de vômitos, refluxos e engasgos, dando mais segurança ao paciente. Após a cirurgia bariátrica, é sabido que a maioria desses pacientes precisa reaprender a mastigar. 

 

Com os exercícios para a musculatura indicados por um fonoaudiólogo, não só as questões funcionais são melhoradas, mas também o fator estético, uma vez que a cirurgia causa flacidez muscular de corpo e de face - esse último podendo ser reduzido com a prática de exercícios vocais. Além disso, o fonoaudiólogo pode reverter as alterações vocais que acontecem nos operados em decorrência de refluxos gástricos, problema esse que compromete o desempenho de atividades profissionais no pós-cirúrgico. 

 

Após a redução de estômago, obrigatoriamente, haverá uma mudança de comportamento alimentar, pois os alimentos serão ingeridos em pequena quantidade e precisarão ser bem mastigados. O médico Gabriel de Vargas, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica - Capítulo Rio Grande do Sul, afirma que conta com a presença do fonoaudiólogo na equipe de reabilitação. Segundo ele, há uma diferença muito importante na adaptação aos alimentos sólidos, principalmente a carne vermelha ele acompanha pacientes operados que não comiam carne há mais de três anos, e que após acompanhamento com a fonoaudióloga passaram a se alimentar normalmente. De acordo com Gabriel, o atendimento do fonoaudiólogo é indispensável no pré e pós-operatório. 

 

Cabe ao fonoaudiólogo avaliar e orientar as possíveis dificuldades relacionadas à deglutição, fonação e mastigação, podendo adequar ou amenizar alterações da mastigação e equilíbrio das forças musculares da face e pescoço - tudo isso por meio da correção da postura, da respiração, da mastigação, da deglutição e da fala. 

 




Fonte: Solange Dorfman - Fonoaudiologia



2015-02-06

Bactérias na água da Billings of

Se não for bem tratada para o consumo, ...
2014-10-03

Contagem regressiva para as Eleiç

Faltam apenas 2 dias para as eleições ...
2014-09-04

Grande conquista: Senado derrubou

Medicamentos contendo femproporex, anfep...
2014-06-01

Anvisa libera anfetamínicos (proi

Proibido pela Anvisa como inibidor de ap...
2014-04-22

Sinal vermelho

Usar termogênicos para acelerar o metab...
2014-02-14

Como a TPM te afeta?

Para saber faça o teste!...
2013-11-20

Câmara aprovou liberação de ven

Mas o projeto que permite venda de anfep...
2013-10-29

Hipertensão eleva o risco de doen

Pressão alta afeta os rins se não for ...
2013-10-02

Inibidores de apetite

Devem ser usados sempre com acompanhamen...
2013-09-06

A planta que tira a fome

A Hoodia Gordonii é uma espécie de ca...
2013-08-15

Entenda a dor de cabeça que acont

Enxaqueca catamenial é consequência da...
2013-05-29

Cessar medicações antes da presc

Ausência de sintomas nem sempre indica ...
2013-05-09

Mude sua rotina e fuja do estresse

Separar um dia para você mesmo é um ó...
2013-04-24

10 atitudes para ajudar no emagrec

Ao mudar alguns hábitos, você adquire ...
2013-03-27

Dica quente!

Pimentas temperam sua comida, saúde e c...
2013-03-08

Efeito ioiô

O famoso "engorda, emagrece, engorda" n...
2013-02-25

Você é o que você come

O prazer do equilíbrio é a chave do su...


ENQUETE

Você é a favor do projeto de lei que libera a venda e produção no Brasil de remédios para emagrecer, incluindo os inibidores de apetite anfetamínicos anfepramona, femproporex e mazindol, que tinham sido retirados do mercado pela Anvisa em 2011.

Sim

Não

Acho que demorou

Não sei opinar

DIÁRIOS - CONHEÇA HISTÓRIAS DE PESSOAS QUE CONSEGUIRAM O SEU OBJETIVO!!!

Os gêmeos da pesada
Juntos emagreceram mais de 100 quilos
No caminho certo
Emagrecendo com dieta e muito exercício

Copyright 2013 - Portal dos Gordinhos - Todos os direitos reservados


"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meremente informativo.
Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhemento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas